Grávidas podem comer peixe e frutos do mar?


 
Qualquer peixe e/ou frutos do mar é seguro para a grávida degustar, mas a carne tem que estar bem cozida.
 
Comer carne crua de peixe oferece um risco maior de contrair uma infecção, pois podem ter parasitas e estes em contato com o corpo humano podem roubar os nutrientes que são necessários para o crescimento do bebê. O processo de congelamento e cozimento na temperatura certa mata os parasitas.
 
Porém, os mariscos devem ser evitados durante a gestação, a menos que sejam parte de um prato quente e tenham sido bem cozidos.
 
Durante a gravidez o sistema imunológico da mulher fica suprimido, por isso esse cuidado todo.
 
Veja abaixo algumas dicas para determinar quando frutos do mar estão prontos para o consumo:
 
Peixes: coloque a ponta de uma faca afiada através da carne e puxe ligeiramente. As laterais devem estar opacas e o centro do peixe ligeiramente translúcido, com os pedacinhos da carne começando a se separar.
 
Deixe o peixe descansar por três a quatro minutos para finalizar o cozimento.
 
Camarões e lagostas ficam vermelhos quando cozidos, com a pele em um tom opaco. Vieiras ficam com uma coloração leitosa ou opaca e firme.
 
Para moluscos, mexilhões e ostras, fique atenta ao momento em que as conchas abrem, o que indica que estão prontos. Jogue fora todos aqueles que não se abrirem após o cozimento.
 
O ideal é incluir duas porções de peixe por semana.
 
Entre os melhores peixes estão:
salmão
truta
sardinhas
anchovas
arenque
atum fresco (consumir no máximo uma lata por semana ou dois filés)
 
#FICADICA
 
Evitar o consumo:
cação
peixe-espada
garoupa
marlin

Fonte: http://www.vocesabia.net/