Diferenças entre peixes de água doce e água salgada


 
A carne do peixe é sem dúvida nenhuma uma das mais saudáveis que existe, mas você sabia que o habitat do animal pode interferir diretamente na composição e propriedades da sua carne? Os peixes que vivem em águas doces possuem atributos que os de água salgada não possuem e vice-versa. A seguir vamos explanar um pouco sobre as diferenças mais marcantes de cada um deles e como elas impactam na sua mesa quando vai servir algum prato a base desse tipo de carne.
 
Os peixes de água doce são menores e se reproduzem em lagos e rios. Eles possuem características fisiológicas diferentes dos peixes que vivem em água salgada, isso porque os líquidos corporais nos peixes que habitam rios e lagos são mais concentrados e isso faz com que eles absorvam mais água do meio e a eliminem em grande quantidade na urina.
 
Os peixes de água salgada são bem mais ativos, grandes e coloridos. Eles também possuem características fisiológicas particulares, pois no mar há um alto teor de sais e isso influência diretamente a vida desses animais, já que os líquidos dos peixes marinhos são menos concentrados do que a água do mar e isso provoca a necessidade de perda de líquidos para que fiquem em equilíbrio com o meio.
 
Por conta do meio a carne do peixe também é diferente. O peixe de água doce é mais gorduroso e tem um sabor mais de “terra”. Já o peixe do mar é mais salgado, porém a carne é mais leve e é menos gordurosa. No mar, ainda existem os peixes de água quente, que tem a carne mais mole e os de água fria, que tem a carne mais dura e gordurosa como no caso do salmão e do atum.
 
É muito difícil comparar os sabores de cada tipo de peixe, isso porque suas características peculiares conseguem atender a todos os gostos. Há quem prefira os de água doce e há quem prefira os que vem do mar, mas no final só que o que importa mesmo é consumi-los, isso porque ambos são fontes ricas de vitaminas e minerais que auxiliam na manutenção da saúde. Por isso, seja do rio ou do mar o importante é comer peixe.

Fonte: 
http://www.cliquefarma.com.br/