Conheça a Paella, prato tradicional espanhol


 
A Paella é talvez o prato mais famoso do mundo, ou no mínimo o mais conhecido. Ela é só mais um dos pratos que tem o arroz como ingrediente principal, e que fez sucesso assim como o risoto (Itália) e o Jambalaya (Louisiana).
 
Para quem não conhece, a Paella é originária de Valência, região costeira da Espanha. É nada mais do que um arroz composto de vários ingredientes e especiarias. Originalmente era feita por trabalhadores do campo, que misturavam vários ingredientes no arroz, e comiam diretamente da panela. Com o passar do tempo, a Paella evoluiu com o desenvolvimento da gastronomia e com a criatividade dos cozinheiros. Foram acrescentados ao prato: frango, pato, coelho, chouriço, feijão verde, azeitona, e especiarias como a páprica, alecrim, açafrão e etc.
 
Por trás de vários mitos e histórias, o mais real significado do nome do prato é que a palavra/nome “PAELLA” deriva da antiga palavra francesa “PAELLE” (panela em francês), que no Latim é “PATELLA” (recipiente ou vasilhame).  Assim como todos os famosos pratos, a Paella se tornou uma comida mundial. Popularizou-se na Europa Ocidental, na América do norte e latina, e foi sendo adaptada de acordo com os países. Na Louisiana, por exemplo, o típico prato Jambalaya, é nada mais do que uma Paella adaptada à região.
 
A Paella original é a espanhola, mais precisamente a valenciana. Os espanhóis mantêm toda a tradição para preparar uma Paella, que parte do principio de produtos frescos e de qualidade. É indispensável um bom azeite acompanhando o prato, pois ele dará um toque especial, e harmonizará muito bem. Um dos principais ingredientes da Paella é o açafrão original, o pistilo da florcrocus-sativus”, que é a especiaria mais cara do mundo. Mesmo caro, quantidade usada é muito pouca, mas o sabor final é diferenciado.
 
Os frutos do mar foram acrescentados a Paella pelos valencianos da costa mediterrânea, que passaram a usar os mariscos fazendo assim uma versão de frutos do mar do prato. Os frutos do mar foram acrescentados à receita original, criando assim a Paella valenciana mista, onde levam carnes, frutos do mar, açafrão, pimentão, azeitonas, vegetais, e claro o arroz.
 
O arroz, principal ingrediente da Paella, merece uma atenção especial. O grão espanhol é muito parecido com o grão de risoto italiano, mas possui menos amido. No Brasil não existe esse grão, e por isso na maioria das vezes é usado o arroz parbolizado que dará um resultado mais próximo ao original.
 
Seguindo a tradição espanhola, a Paella é feita em uma panela “diferente” que recebeu o nome de “paellera”. São panelas largas, com um fundo raso, na maioria das vezes de aço e com alças nas laterais. Ela é uma panela ideal para a preparação de uma boa Paella, pois concentra o calor por igual, tendo assim uma cocção uniforme de todo os ingredientes.
 
Como dito antes, a Paella possui inúmeras variações. Ela pode ser a original, feita com vegetais, coelho, frango, patos, feijão e especiarias, ou uma Paella de frutos do mar, composta de um mix de mariscos e vegetais, ou até mesmo uma Paella mista, uma combinação de carnes, mariscos, vegetais e diversos grãos. O que faz da Paella ser um prato especial e diferenciado, e que caiu no gosto mundial, é a bela combinação de sabores que proporciona um resultado final espetacular. A variedade de ingredientes aliada às especiarias concentra um sabor marcante e único.

Fonte: 
http://www.petitgastro.com.br/